Busca  
  Política   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Revolução Praieira

O Partido Liberal em Pernambuco também era conhecido como 'Partido da Praia', pois a sede de seu principal jornal, 'O Diário Novo', ficava na rua da Praia. Foi por isso que a revolta promovida pelos liberais pernambucanos, entre 1848 e 1850, recebeu o nome de 'Praieira'.

'Porto de Recife', têmpera sobre papel de Emil Bauch: no primeiro plano, o cais do Abacaxi, mais tarde 'Pedro II'.

A Praieira

Embora possa ser definida como uma luta político-partidária, a Praieira também teve um aspecto social. O capitão Pedro Ivo foi um dos grandes líderes das forças populares que se juntaram ao movimento. O número de rebeldes é incerto, mas os comandados de Ivo foram chamados de 'Os Valentes 5.000' — que não foram o bastante para vencer as forças imperiais enviadas para reprimir a revolta. 

A Conciliação

Derrotados nas armas, os liberais não tinham perspectivas de voltar ao poder. Mas, para a política imperial, o revezamento entre os dois únicos partidos mantinha uma aparência democrática. Assim, D. Pedro II promoveu a reabilitação do Partido Liberal, dividindo os cargos entre ele e o Conservador no Gabinete da Conciliação, em 1853. O gabinete foi chefiado por Honório Hermeto Carneiro Leão, o Marquês de Paraná, um político conservador que fora indicado presidente da Província de Pernambuco após a derrota da Praieira. 

Enquanto isso...
Enquanto o Brasil independente enfrentou lutas internas, mas manteve sua unidade territorial, a Índia trilhou um caminho diferente. Em 1947, a Grã-Bretanha concordou com a independência de sua colônia, com a condição de que fosse criado simultaneamente um Estado para satisfazer a minoria muçulmana. Assim, nasceu o Paquistão. A Índia tinha maioria hinduísta. Como não houve demarcação de fronteiras, milhões de indianos fugiram do Paquistão e milhões de muçulmanos abandonaram a Índia em plena guerra. O conflito custou mais de 500 mil vidas. Índia e Paquistão foram novamente à guerra em 1965 e em 1971 pela posse do Estado da Cachemira, que faz parte da Índia. A parte oriental do Paquistão separou-se da ocidental em 1971, em meio a uma guerra civil que teve interferência indiana, constituindo o país de Bangladesh. O conflito entre a Índia e o Paquistão persiste até hoje.





Anterior Início