Busca  
  Política   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

A política externa brasileira

A política externa brasileira com seus vizinhos do Prata não era das mais diplomáticas. Entre 1851 e 1864, o governo brasileiro auxiliou dois golpes de estado no Uruguai (a favor de Fructuoso Rivera, em 1851, e de Venâncio Flores, em 1864) e um na Argentina (Justo José de Urquiza, 1852), com o envio de tropas militares.

O Uruguai, independente desde 1828, não tinha conseguido eliminar as ameaças à sua estabilidade política, marcada pelos conflitos de poder entre blancos, fazendeiros do interior, e colorados, comerciantes de Montevidéu. Este conflito assumiu maiores proporções na medida em que as nações vizinhas tomaram partido nas disputas internas. Desta forma, o Império brasileiro e a Argentina, sob a presidência de Bartolomeu Mitre, apoiaram os colorados, enquanto o governo paraguaio identificava-se com os blancos. Em 1864, o golpe de estado que derrubou o governo do Uruguai, então chefiado pelo blanco Atanásio Aguirre, e pôs o colorado Venâncio Flores no poder foi um dos estopins da Guerra do Paraguai.

A guerra é declarada

Com a queda do governo de Aguirre no Uruguai, o ditador paraguaio Solano López passou a temer as pressões externas que poderiam levar a sua deposição. Para mostrar aos outros países do Cone Sul que um golpe contra seu governo não seria fácil, apreendeu em 11 de novembro de 1864 o navio brasileiro Marquês de Olinda, que navegava em direção a Mato Grosso. Além de ter levado ao rompimento das relações diplomáticas com o Império brasileiro, foi considerado um grave erro estratégico de Solano López.

Apesar de não estar em condições de enfrentar uma das grandes potências emergentes na América do Sul, Solano López esperava conseguir o apoio de setores de oposição aos governantes inimigos: os blancos no Uruguai e os seguidores de Justo Urquiza, líder político rival de Bartolomeu Mitre, da Argentina. Porém, o apoio em terras inimigas não veio, o que levou o Paraguai a se posicionar sozinho contra os três países vizinhos. Um mês depois, tinha início o conflito armado.


Anterior Início Próxima