Busca  
  Política   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

A carreira militar

Quem quiser seguir carrerira militar deve levar em consideração se o seu perfil pessoal se encaixa nas características da carreira: risco de vida, disciplina rígida e hierarquia, dedicação exclusiva, disponibilidade permanente, mobilidade geográfica, proibição de participar de atividades políticas, entre outros.

Ingresso

O ingresso na carreira militar é aberto a qualquer brasileiro. O exército possui várias escolas de formação, tanto em nível secundário quanto superior. Para os cabos e soldados, não é preciso cursar uma escola específica. Eles podem servir no máximo até 8 anos. Quando possuem habilidades específicas, por exemplo, uma especialização em informática, podem ser incorporados e continuar no posto até o ingresso na reserva, ao completar 30 anos de serviço.

Para continuar na carreira e graduar-se sargento é necessário ingressar numa escola de formação específica como, por exemplo, a Escola de Sargento das Armas (EsSA). Os requisitos são 1º grau completo e a aprovação em um concurso público nacional organizado pela EsSA.

Oficiais

A carreira de oficial possui diversas especializações. Oficiais das armas (Artilharia, Infantaria e Cavalaria) são formados pela Academia Militar das Agulhas Negras (Aman). Porém, a Aman só aceita alunos que tenham concluído a 3ª série do 2º grau na Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx). Para ingressar na EsPCEx, é preciso antes prestar um concurso público nacional.

Outras escolas que formam oficiais são o Instituto Militar de Engenharia (IME), a Escola de Saúde do Exército e a Escola de Administração do Exército (EsAEx). Em todas elas, também é necessária a aprovação em concurso público. Desses, o IME é o único que tem cursos de graduação, além da pós-graduação e do doutorado. Já as outras duas escolas oferecem cursos com duração de 8 meses aos profissionais de nível superior formados no meio civil, que recebem a patente de primeiro-tenente ao se formar. Dentistas, enfermeiros, farmacêuticos e veterinários podem chegar até o posto de coronel. Já os médicos, até o de general de divisão. A EsAEx forma profissionais de áreas como administração, contabilidade, direito e psicologia. Após o curso de formação, eles são nomeados primeiro-tenentes e podem atingir até o posto de tenente-coronel.

Para saber mais

Site oficial do Exército Brasileiro: http://www.exercito.gov.br/


Anterior Início Próxima