Busca  
  Política externa   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Rumo ao progresso

Estudantes do Curso Normal fazem manifestação na porta do Senado Federal, no Rio de Janeiro, em abril de 1960: progresso e melhoria da qualidade do ensino.
O projeto do governo de Juscelino Kubitschek tornava mais fáceis as relações com os Estados Unidos. Ele pretendia recuperar o atraso da infraestrutura econômica brasileira e atualizar sua tecnologia. Para tanto, Juscelino escreveu diretamente ao presidente norte-americano, Dwight Eisenhower, sugerindo a retomada do ideal pan-americano para fortalecer toda a América Latina. Um dos resultados concretos dessa aproximação foi a criação do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em 1959, uma instituição regional de financiamento. A energia que JK investia na modernização do País criou situações favoráveis ao capital estrangeiro, como a aplicação da Instrução 113, da Superintendência da Moeda e do Crédito (Sumoc), que reduzia as taxas cobradas sobre remessas de lucros.
• No setor automobilístico, as europeias chegaram primeiro, como a alemã Volkswagen e a francesa Simca. 

• A construção naval contou com capital holandês e japonês.

Essa tradição rompeu-se com a vitória da Revolução Cubana, em janeiro de 1959, que não só se confrontou com os Estados Unidos como também trouxe para a América a experiência comunista alinhada diretamente às diretrizes de Moscou.



Anterior Início Próxima