Busca  
  Sociedade   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Trabalhadores assalariados

Aposentado pede emprego como caseiro, em 1996, nas ruas de São Paulo.
A imigração de colonos europeus, intensificada a partir de 1850, após a Lei Eusébio de Queirós, que aboliu o tráfico negreiro, foi essencial para aumentar o número de trabalhadores necessários na lavoura e nas indústrias que nasciam. A legislação trabalhista só foi organizada a partir da década de 1930, definindo os direitos e os deveres de empregados e patrões, organizando a estrutura sindical e a Justiça do Trabalho.

O controle do Estado

Entre 1930 e 1945, Getúlio Vargas criou um complexo esquema de vida sindical, que facilitou o controle do Estado sobre o operariado e os patrões, e instituiu uma base de apoio a seu governo junto às classes trabalhadoras.

O sindicalismo

Nas décadas de 1950 e 1960, o sindicalismo assumiu uma posição de maior influência política na vida nacional. Mas o golpe militar de 1964 interrompeu essa tendência, reprimindo fortemente todos os movimentos dos trabalhadores.

II Congresso dos Trabalhadores do Estado de São Paulo, em 1960.
• Na década de 1970, o movimento sindical adotou um perfil mais independente, mas o Estado brasileiro não tinha, nesse momento, nenhuma intenção de se aliar aos trabalhadores. As manifestações, que inicialmente ocorriam por motivos econômicos, passaram a incorporar também um caráter de contestação ao governo.   

• Durante o processo de redemocratização, surgiram no país duas centrais sindicais, que até hoje dividem os sindicatos por defenderem linhas políticas distintas. Paralelamente ao sindicalismo urbano, reacendem no campo os movimentos pela reforma agrária, com destaque para o Movimento dos Sem-Terra.


Anterior Início