Busca  
  Antiguidade   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

O país e suas origens

A geografia sempre marcou a evolução da civilização chinesa. As primeiras culturas se estabeleceram na grande planície central, banhada pelo rio Amarelo. A fertilidade dessas terras atraiu os camponeses. No resto do país, as montanhas criam pequenas zonas muito diferentes entre si, favorecendo o regionalismo. Contudo, entre essas áreas tão diferentes sempre existiu um fator comum: eram comunidades agrícolas organizadas em torno dos grandes rios.

Os primeiros Estados (1500-249 a.C.)

Os primeiros centros de civilização, formados às margens do rio Amarelo, eram governados pela dinastia Shang. Possuíam cidades e templos, conheciam a escrita e trabalhavam o bronze. Por volta de 1050 a.C., instalou-se no poder a dinastia Zhou, que se expandiu até o rio Azul e criou uma organização estável no governo. O poder dessa dinastia acabou se enfraquecendo com o surgimento de uma série de Estados guerreiros, que, por sua vez, foram dominados quando a dinastia Qin tomou o poder.


O rei Qin Shi Huang, da dinastia Qin.
A dinastia Qin (249-206 a.C.)

O rei Qin Shi Huang, da dinastia Qin, unificou os vários reinos feudais e adotou, pela primeira vez, o título de imperador. Qin estabeleceu uma nova divisão provincial governada por funcionários, iniciou a construção da Grande Muralha e ampliou as fronteiras. Esse grande império não sobreviveu à morte do imperador.


Anterior Início Próxima