Busca  
  Antiguidade   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Confúcio (551-479 a.C.)

Representação de Confúcio
Filósofo chinês, Confúcio dedicou a vida a ensinar, convertendo-se num mestre da moral respeitado por sua sabedoria. Difundiu por todo o país uma doutrina de convivência, baseada na amizade e na equidade, que formou a base da ética na China. Confúcio estabeleceu os deveres do homem, acreditando que este devia servir à sociedade. Seus ensinamentos não falavam no culto a nenhum deus, mas sim em seguir o Tao, ou seja, o Caminho, num esforço constante de cultivar a própria personalidade e estabelecer a harmonia na sociedade. O confucionismo foi elevado à religião oficial do Estado no século II a.C.



A arte chinesa

Os chineses valorizavam muito a pintura, a caligrafia e a literatura.
A pintura surgiu da caligrafia, sendo a criação mais original da arte chinesa. Pintavam sobre papel ou seda, sobretudo paisagens, utilizando tinta e aquarela. A arquitetura e a escultura eram consideradas apenas obras utilitárias. Construíram-se numerosos palácios e templos, como os pagodes, com seus vários tetos superpostos. A escultura, a cerâmica e os trabalhos em laca completavam o panorama artístico do mundo chinês.


Anterior Início