Busca  
  Antiguidade   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

As primeiras civilizações


O contexto geográfico


A Grécia ocupava o sudeste da Europa, limitando-se a nordeste com a Macedônia e a Trácia e a leste com o Império Persa. Estendia-se por quase todo o litoral e pelas ilhas do mar Egeu, incluindo Creta. Suas principais regiões eram: Etólia, Beócia, Arcádia, Tessália, Eubéia e Epiro. Seu território era muito montanhoso, pouco favorável para a agricultura.



Para lembrar:
No início da história grega brilharam duas civilizações: a de Creta e a de Micenas. Destacaram-se quatro povos indo-europeus: os aqueus, os jônios, os eólios e os dórios e duas cidades-estados: Esparta e Atenas. A partir de 750 a.C., os gregos fundaram numerosas colônias no Mediterrâneo. Seu esplendor ocorreu no século V a.C., com o apogeu de Atenas, e um século depois com o império de Alexandre, o Grande. No século II a.C., a Grécia caiu sob o poderio do Império Romano.


Creta e Micenas
Palácio de Cnossos, em Creta.

Por volta do ano 2000 a.C., Creta destacava-se como potência comercial, marítima e cultural. Os grandes palácios e cidades, como Cnossos, não eram fortificados. O esporte, a dança, o artesanato e o comércio substituíam as atividades de defesa. Por volta de 1400 a.C., Micenas aproveitou-se dessas circunstâncias para apoderar-se da ilha de Creta. Uma vez dominada a ilha, continuou o desenvolvimento do comércio e as cidades e palácios foram cercados por muralhas.

A Guerra de Troia


Troia, situada onde hoje é a Turquia, era o centro de uma brilhante civilização. A vitória dos gregos sobre os troianos, após dez anos de cerco à cidade, marcou o início da fase de expansão e prosperidade da Grécia. Essa guerra tornou-se um mito graças à narrativa escrita por Homero, em um dos poemas épicos mais famosos da história: a Ilíada.
  • Causas da Guerra de Troia
    As causas da Guerra de Troia não são claras. Segundo Homero, ela teria ocorrido para resgatar Helena, que fora raptada pelo troiano Páris. Outro motivo apontado é uma disputa entre várias dinastias. O mais lógico, porém, é que tenha havido uma causa estratégica: o domínio da zona costeira da Ásia Menor.


Para lembrar:
O grande cavalo de madeira, conhecido como Cavalo de Troia, foi um presente dado pelos gregos aos troianos. Contudo, era uma armadilha: enquanto os troianos festejavam a retirada dos gregos, estes saíram da barriga do cavalo, abriram as portas da cidade e destruíram Troia. Simboliza a astúcia.


Anterior Início Próxima