Busca  
  Era Contemporânea   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Crise econômica e política

A crise do petróleo

Conferencistas numa reunião de cúpula da OPEP.
No dia 6 de outubro de 1973, tropas egípcias e sírias atacaram Israel. Começava assim um novo conflito árabe-israelense. Os Estados Unidos apoiaram Israel e os países árabes adotaram represálias. Reunidos no fórum da OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), concordaram em aumentar o preço do petróleo, reduzir sua produção e não vendê-lo aos países que ajudavam Israel. A consequência foi o início de uma crise econômica em escala mundial. Muitas empresas faliram por não conseguir enfrentar os altos custos de produção.

A 'nova' Guerra Fria: a frágil Détente nos anos 70

A guerra no Afeganistão reacendeu o medo de um enfrentamento entre os dois blocos.
Nos anos 70, a política externa norte-americana e soviética caracterizou-se pelo intervencionismo. Na América Latina, a CIA apoiou o golpe militar no Chile que causou a morte do presidente Salvador Allende. Contudo, na segunda metade dos anos 70, durante a presidência de Jimmy Carter, houve uma mudança de atitude na política externa americana. A estratégia diplomática de Carter foi baseada no princípio de que não poderia haver distensão sem respeito aos direitos humanos. Mesmo assim, no final da década de 70, havia o medo de confronto armado entre as superpotências por causa das intervenções do exército soviético em Angola, Moçambique, Iêmen do Sul e Afeganistão, fatos que coincidiram com a revolução islâmica no Irã.


Anterior Início Próxima