Busca  
  Era Contemporânea   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

O imperialismo na Ásia

Caricatura da divisão da China.
As potências europeias lançaram-se ao controle da Ásia, onde encontraram matérias-primas e um grande mercado para os seus excedentes de manufaturas e capitais. Contudo, a existência de civilizações muito desenvolvidas dificultou a conquista e dominação do território asiático. A Grã- Bretanha concentrou sua ação na Índia, a chamada 'Joia da Coroa'. A França investiu pelo sudeste, na Indochina. Cobiçada e disputada, a China acabou subjugada pelas potências capitalistas, com guerras, entre as quais a Guerra do Ópio (1841), e tratados desiguais que proporcionaram aos ocidentais direitos econômicos e políticos nas áreas de influência. O Japão conseguiu evitar o domínio estrangeiro, apesar das pressões norte-americanas, mas a vitoriosa ação do imperador Mutsuhito sobre os poderes locais ligados ao xogum, conseguiu restabelecer a centralização política. A Era Meiji industrializou e militarizou o país, alicerçando sua política imperialista.


Anterior Início Próxima