Busca  
  Era Contemporânea   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

1941

22 de janeiro – Britânicos e australianos tomam Tobruk, na Líbia, Norte da África.
14 de fevereiro – Unidades alemãs do Afrika Korps chegam para combate ao norte da África, sob o comando do general Erwin Rommel.
11 de março – Estados Unidos aprovam a Lei de Empréstimo e Arrendamento de equipamento militar para auxiliar a Grã-Bretanha na guerra.
27 de março – Golpe de estado na Iugoslávia derruba governo pró-nazista.
3 de abril – Iraque adota regime pró-nazista.
6 de abril – Tropas alemãs invadem a Grécia e a Iugoslávia.
17 de abril – Iugoslávia rende-se à Alemanha.
27 de abril – Grécia rende-se à Alemanha.
Destróier aliado no Atlântico Norte: batalha dura contra a esquadra alemã.
1 de maio – Britânicos e aliados contêm ataque alemão a Tobruk, Líbia.
10 de maio – Vice-Führer alemão Rudolf Hess voa sozinho para a Escócia e é detido pelas autoridades britânicas. Supõe-se que ele quisesse propor a paz entre Alemanha e Inglaterra, para que os alemães atacassem o "inimigo comum" comunista, a União Soviética.
24 de maio – Batalha no Atlântico Norte: couraçado alemão Bismarck afunda o britânico Hood.
27 de maio – Marinha e aviação britânicas afundam o Bismarck.
4 de junho – No Iraque, assume governo pró-Aliados.
8 de junho – Aliados invadem a Síria e o Líbano.
14 de junho – Estados Unidos embargam bens e propriedades alemãs e italianas no país.
Stalin e a tática da terra arrasada: nada para o inimigo.
Junho – Começa o assassinato programado e em massa de prisioneiros dos nazistas, principalmente judeus, ciganos, comunistas e homossexuais.
22 de junho – Alemanha rompe Pacto de Não-Agressão e invade a União Soviética, na Operação Barba-Ruiva.
3 de julho – O dirigente soviético, Josef Stalin, ordena o uso da tática de terra arrasada: ao fugir das cidades diante do avanço alemão, a população e os soldados não deveriam deixar nada que se aproveitasse.
10 de julho – Alemães cruzam importante barreira natural dentro da União Soviética, o rio Dnieper, na República da Ucrânia.
12 de julho – Governos britânico e soviético fecham acordo de assistência mútua.
14 de julho – Britânicos ocupam a Síria.
26 de julho – Estados Unidos embargam bens e propriedades japonesas no países e suspendem relações com o Japão.
Comboio de navios no Atlântico Norte, no nascer do dia, guardado do céu por um dirigível.
14 de agosto – Roosevelt (EUA) e Churchill (Grã-Bretanha) anunciam tática de usar comboios para a travessia do Atlântico Norte.
20 de agosto – Tropas nazistas iniciam cerco à cidade de Leningrado, Rússia. Será a mais longa e decisiva batalha da guerra.
3 de setembro – Primeira experiência com câmaras de gás no campo de concentração de Auschwitz, noroeste da Polônia, para o extermínio de prisioneiros.
19 de setembro – Tropas nazistas ocupam a cidade soviética de Kiev, capital da Ucrânia.
29 de setembro – Nazistas assassinam 33.771 judeus em Kiev.
Outubro – Alemanha deslancha a Operação Tufão, de ofensiva total para tomar Moscou. Em um mês ocupam cidades importantes como Odessa e Kharkov e chegam a Sebastopol, porto na província da Criméia, Ucrânia.
A base Pearl Habor em chamas após o ataque japonês.
Dezembro – Alemães cercam Moscou e soviéticos lançam grande contraofensiva.
Comboio de navios no Atlântico Norte, no nascer do dia, guardado do céu por um dirigível.
7 de dezembro – Japão bombardeia a base norte-americana de Pearl Harbor, no oceano Pacífico.
8 de dezembro – EUA e Grã-Bretanha declaram guerra ao Japão.
11 de dezembro – Alemanha declara guerra aos Estados Unidos.
19 de dezembro – Hitler assume o comando geral das forças armadas alemãs.



Anterior Início Próxima