Busca  
  Era Contemporânea   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Rumo ao capitalismo

Você sabia?

As 15 repúblicas que formavam a União Soviética deixaram de existir com a renúncia de Mikhail Gorbatchev (25 de dezembro de 1991) e tornaram-se países independentes. Com exceção das repúblicas bálticas – Estônia, Letônia e Lituânia –, as outras 12 ex-repúblicas soviéticas formaram a CEI (Comunidade dos Estados Independentes), uma confederação de países, tendo à frente o mais extenso e poderoso deles, a Rússia.
Com suas tentativas de inovação no regime burocrático socialista, Mikhail Gorbatchev sofreu pressões de vários segmentos, mas a situação ficou insustentável a partir de 1989, com a queda do Muro de Berlim. O bloco socialista começou a desmoronar nesse momento e ruiu de vez em 1991, com a dissolução da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas.

A bipolarização do mundo – de um lado, o bloco socialista; de outro, o capitalista –, que durava quase 50 anos, sofreu grandes alterações. Os países socialistas deixaram de existir como bloco, e a maioria deles se encaminhou para a economia de mercado capitalista. 
 


Anterior Início Próxima