Busca  
  Pré-História   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Os indo-europeus

Os indo-europeus provinham das estepes do Casaquistão. Eram povos criadores de gado, que se deslocavam em busca de pasto para seus animais. Todos falavam a mesma língua, que com o tempo, evoluiu de diversas maneiras, gerando diferentes idiomas: grego, latim, alemão, inglês. Esse povo caracteriza-se por ter domesticado e aprendido a montar a cavalo. Além de grandes cavaleiros, os indo-europeus introduziram o uso dos carros puxados por cavalos, o que lhes deu maior poderio militar.
Cena de luta de carros. Relevo hitita (Museu Arqueológico de Ancara, Turquia).

As invasões

Invasões indo-europeias. Clique na imagem para ampliar.
Os indo-europeus viveram uma fase de crescimento demográfico que os impulsionou a migrar, afastando-se cada vez mais de suas terras natais. Alguns rumaram para o sul, entraram em contato com a civilização urbana da Índia e a dominaram, gerando assim a civilização veda. Outras levas se dirigiram para o Oriente. Alguns se estabeleceram em Anatólia, na Ásia Menor; destes descendem os hititas, os medas e os persas. Os eslavos, também indo-europeus, ocuparam as terras do sul da Rússia e dali rumaram para a Europa setentrional e oriental. Outros ainda, migraram para as penínsulas mediterrâneas, como por exemplo os aqueus, os dórios e os jônios, que alcançaram a Península Balcânica. Os celtas e os povos germânicos chegaram até a Alemanha, Inglaterra, França e Península Ibérica, e os itálicos até a Península Itálica.


Anterior Início Próxima