Busca  
  Pré-História   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Do Homo erectus ao homem moderno

Preste atenção nestas duas hipóteses:

Machadinha de pedra: ferramenta desenterrada no Quênia, na África, em maio de 1999. Sua idade remonta provavelmente há 2,5 milhões de anos.
Evolução multirregional:
núcleos de Homo erectus espalhados pela África, Europa e Ásia teriam evoluído gradual e paralelamente até surgir o Homo sapiens arcaico, há cerca de 500 mil anos, e o Homo sapiens sapiens entre 100 mil e 50 mil anos atrás. O Homem de Neandertal não seria o precursor do homem moderno, mas sim uma espécie de Homo sapiens que se desenvolveu paralelamente, surgida entre 500 mil e 200 mil anos e extinta há cerca de 30 mil anos.
Origem na África: o homem moderno teria surgido há cerca de 100 mil anos, da evolução de uma população africana relativamente recente, descendente de grupos de Homo erectus que ficaram na África. Com o tempo, espalhou-se pela Europa, Ásia e Oceania, suplantando populações locais, descendentes das primeiras levas de migrações de Homo erectus, como o Homem de Neandertal. 

Da África para o mundo
 

1- Fóssil da espécie A. africanus, aproximadamente de 1 a 2 milhões de anos, descoberta em 1924.
2- Crânio do A. boisei, aproximadamente de 1 a 2 milhões de anos, descoberto em 1924. 
3- Homo habilis, de aproximadamente 1,9 milhão de anos, descoberto em 1972. 
4- Lucy, a fêmea A. afarensis, de aproximadamente 3,5 milhões de anos, descoberta em 1974. 
5- Conjunto de fósseis de A. afarensis, de aproximadamente 3 milhões de anos, descoberto em 1975.
6- Pegadas de hominídeos fossilizadas em pedras vulcânicas, as Pegadas de Laetoli, com idades aproximadas de 3,5 a 3,7 milhões de anos.
7- Homo erectus menino, de aproximadamente 1,6 milhão de anos, descoberto em 1984. 
8- Crânio do A. aethiopicus, de aproximadamente 2,6 milhões de anos, descoberto em 1985.
 
Fonte: O Filho de Lucy: a Descoberta de um Ancestral Humano.


Anterior Início