Busca  
  Sociedade   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

A criatividade chinesa

Papel. Mais ou menos no ano 105, o eunuco chinês Tsai Lun (50?-118?) desenvolveu um método para fabricar uma fina e macia superfície, perfeita para a escrita, semelhante ao papiro utilizado pelos egípcios. Nascia o papel. Ao contrário do papiro – feito com uma fibra muito rara –, a matéria-prima do papel (a celulose) podia ser extraída de cascas de árvore, do cânhamo e de restos de madeira de baixa qualidade.
 
Bússola. No século VI a.C., um pastor da cidade de Magnésia (na Ásia Menor) descobriu um minério que atraía o ferro. Esse material recebeu o nome de pedra de magnésio. Não demorou para que alguém percebesse que, esfregando um pedaço de prata ou de ferro no minério magnético, esses também se tornavam magnéticos. A descoberta seguinte, feita pelos chineses no século II, foi ainda mais interessante: se uma lasca de metal magnético fosse colocada para girar livremente, pararia sempre apontando a direção norte-sul. Apesar de inventada pelos chineses, a bússola só seria usada como indicadora de direções pelos europeus, possibilitando as grandes navegações.


Anterior Início Próxima