Busca  
  Sociedade   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Facilidades dos tempos modernos

Reprodução
Thomas Edison patenteou mais de 1.200 inventos, entre eles a lâmpada e o fonógrafo.
Reprodução
Telefone
Lâmpada. No dia 21 de outubro de 1879, o norte-americano Thomas Alva Edison (1847-1931) conseguiu matar a charada que o atormentava há tempos: encontrar um material que ficasse incandescente com a passagem da corrente elétrica e que pudesse se transformar em um fino fio. Numa época em que os cientistas trabalhavam sozinhos, Edison chegou a ter uma equipe de 60 pesquisadores, testando vários materiais – até mesmo fios de barba. A primeira lâmpada ficou acesa 45 horas seguidas, usando filamento de algodão carbonizado. O inventor não saiu do laboratório até que ela se apagasse e, tão cansado, dormiu as 24 horas seguintes, de roupa e tudo.

Telefone. Ao contrário da lâmpada, a descoberta do telefone aconteceu quase por acaso. Afinal, o verdadeiro objeto de estudo de Alexander Graham Bell (1847-1922) era a melhoria da comunicação com deficientes auditivos. Durante suas pesquisas, ele descobriu que, no final do século XVI, um inglês tinha inventado uma maneira de falar a distância utilizando um fio esticado. Decidiu aperfeiçoar a ideia e, em 10 de março de 1876, Bell transmitiu a primeira mensagem através de um fio dentro de sua casa, em Boston (Estados Unidos). O aparelho telefônico foi aperfeiçoado em 1879, por Thomas Edison.


Fique ligado!

No momento de dizer a primeira frase no aparelho que tinha inventado, Graham Bell derramou, acidentalmente, um pouco de ácido em suas roupas. Com isso, o que deveria ser uma frase grandiosa transformou-se em um pedido de ajuda para o assistente que estava no outro lado da linha: "Senhor Watson, venha aqui!". 














Reprodução
Graham Bell – Em 1892, Graham Bell inaugurou pessoalmente a linha telefônica que ligava as cidades norte-americanas de Chicago e Nova York.


Anterior Início Próxima