Busca  
  Sociedade   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Movimento dekassegui

O retorno dos nikkeis deve-se ao cenário econômico da década de 80: enquanto a alta da inflação e a crescente dívida externa brasileira eram manchetes dos jornais, o Japão era frequentemente mencionado pelo grande desenvolvimento tecnológico.

Nessa época, os trabalhadores japoneses foram beneficiados pelo crescimento da economia e conquistaram melhores cargos e salários. E, nas indústrias, havia escassez de mão de obra para a linha de produção, o que atraiu novamente para o Japão os descendentes de japoneses nascidos no Brasil. São os chamados dekasseguis.

O movimento dos dekasseguis intensificou-se principalmente nos anos 90, quando o governo do Japão institucionalizou a imigração por meio da Lei de Controle da Imigração, que permitia que japoneses e seus cônjuges ou descendentes (até a quarta geração) exercessem legalmente qualquer atividade no país por até três anos.

A medida foi tomada para controlar a alta incidência de trabalhadores clandestinos – principalmente filipinos, paquistaneses, coreanos e bangladeshianos – no mercado de trabalho japonês.

Atualmente, os dekasseguis são vistos não apenas nas linhas de produção tecnológica, mas também em diversas atividades no mercado de trabalho do Japão.

Fique ligado!
• Dekassegui: qualquer pessoa que deixa sua terra natal para trabalhar, temporariamente, em outra região.
• Issei: imigrante japonês que chegou no Brasil entre 1908 e 1973.
• Nikkei: pessoas de origem japonesa, emigrantes e seus descendentes que voltam ao Japão.
• Nissei: filho de imigrante japonês nascido em outros países.
• Sansei: filho de nissei, ou seja, neto de imigrante japonês.
• Yonsei: bisneto de imigrante japonês.
 


Anterior Início Próxima