Busca  
  Sociedade   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Rua Conde de Sarzedas

Rua Conde de Sarzedas, bairro da Liberdade
Foi nessa ladeira íngreme que tudo começou em 1912. Os japoneses recém-saídos das fazendas cafeicultoras escolheram essa rua porque ela possuía inúmeros porões e o aluguel cobrado por cada quarto do subsolo era acessível; além disso, por ser uma região central, facilitava o acesso aos novos locais de trabalho.

Foi aí que o bairro, até então ocupado por italianos, começou a receber os primeiros estabelecimentos comerciais nipônicos. Surgiram empórios, casas especializadas em comida japonesa, firmas agenciadoras de empregos, tinturaria. Nascia, assim, o ‘recanto japonês’ no bairro da Liberdade.

Nos anos 20 e 30, já era visível a adaptação dos imigrantes à vida na cidade. As crianças podiam estudar em escolas que ensinavam o idioma japonês. Mas os imigrantes mantiveram o hábito de saborear pratos típicos e ler publicações japonesas. 

Nessa época, eram 600 japoneses só na Rua Conde de Sarzedas. E eles também habitavam as imediações, como nas ruas Tabatinguera, Conselheiro Furtado, dos Estudantes, dentre outras.



Anterior Início Próxima