Busca  
  Sociedade   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

A Liberdade hoje

Atualmente, o bairro da Liberdade - tradicional reduto japonês – não é mais ocupado somente pelos nipônicos. Em meio aos estabelecimentos e produtos japoneses, há uma forte presença de coreanos e chineses.

Isso porque as famílias japonesas prosperaram e puderam investir na educação de seus filhos que seguiram para carreiras graduadas. Sem herdeiros para assumir os estabelecimentos, muitos desses lugares foram assumidos por imigrantes de outras nacionalidades orientais.

Ainda assim, os orientais não são os únicos a residir no bairro. Embora a concentração deles seja notória em ruas como Galvão Bueno, Barão de Iguape e Conselheiro Furtado, é forte também a presença de imigrantes de outras origens, principalmente nordestinos.



Anterior Início