Busca  
  Literatura   
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.  

Restauração portuguesa e o Barroco

Poema labirinto, característico do cultismo português


A poesia portuguesa do Barroco, reunida em compilações do século XVIII, como A Fênix Renascida (1716), reflete a influência espanhola. Alguns poemas cultistas recém-descobertos, no entanto, revelam uma poesia visual muito sofisticada, que antecipa experiências de vanguarda do século XX.  O teatro de Antônio José da Silva, 'o Judeu', nascido no Rio de Janeiro em 1705 e executado pela Inquisição em Lisboa, em 1739, mostra clara influência de Lope de Vega e de Cervantes.

Mas é na prosa que a literatura portuguesa se destaca:

Acima de tudo estão os sermões e as cartas do padre Antônio Vieira. Também entre as obras de maior expressão estão a do aristocrata D. Francisco Manuel de Melo (1608-1666), autor da Carta de Guia de Casados (1651), e também Nova Floresta, do padre Manuel Bernardes (1644-1710), publicada em cinco volumes (entre 1706 e 1728) e que reúne narrativas e ditos de fundo moral. Há, ainda, as célebres Cartas Portuguesas, publicadas em francês em 1669 e atribuídas ao amor proibido e não correspondido de sóror Mariana Alcoforado por um militar.


Anterior Início Próxima