Busca  
  Ensino Fundamental I   
Conteúdos para professores  

Passos sugeridos

Aula para o 2º ano: A criança recém-saída da alfabetização escreve todo o texto em um único parágrafo. Aos poucos, pode dividí-lo em duas ou três partes.

Nessa fase, o trabalho com parágrafo deve ter o objetivo de levar a criança a perceber a existência de espaços no texto e investigar a sua função. Por isso, são interessantes exercícios que trabalhem com o significado do espaço na escrita.

• Apresente textos curtos – parlendas, adivinhas e provérbios –, em que não há espaço entre as palavras. Peça aos alunos que separem as palavras com barrinhas. Em seguida, solicite a cópia de um trecho no caderno. Discuta sobre a necessidade do espaço, destacando as impressões ao ler o texto inicial.

• Peça para as crianças escreverem bilhetes, sem deixar espaço entre as palavras, e trocá-los com os amigos. Depois, comente sobre a dificuldade para decifrar as mensagens.

Outros espaços

Depois de trabalhar com os espaços entre as palavras, podemos passar para os parágrafos propriamente ditos. Veja algumas sugestões de atividades:

• Solicite que as crianças pintem, em pequenos textos, as áreas dos parágrafos. Levante hipóteses sobre o motivo de se usar essas divisões.
 
Sem sistematização

No 2º ano, não deve haver preocupação com uma sistematização mais intensa com relação ao uso do parágrafo. O objetivo principal deve ser chamar a atenção da criançada para a existência do espaço utilizado para marcá-lo, para a necessidade da letra maiúscula e para a mudança de linha que deve ser feita junto à margem. A prioridade, nesse momento, deve ser o incentivo à criação e ao desenvolvimento das ideias, sem tanta preocupação com os aspectos mais formais do texto.


Aula para o 3º ano: A maioria das crianças inicia essa fase produzindo textos nos quais alternam grandes blocos com alguns parágrafos simples.

Quando utilizar

No 3º ano do Ensino Fundamental, as crianças já estão mais atentas ao aspecto espacial do parágrafo. Por isso, as estratégias, agora, devem oferecer elementos para que os alunos descubram quando devem utilizá-lo.

• Faça uma atividade de simulação de filmagem. Mostre uma gravura grande e diga que, a partir dela, você irá inventar uma história. As crianças devem imaginar que estão “filmando” a história em suas mentes. O mesmo pode ser feito com a leitura de um texto em voz alta.

• Peça às crianças que relatem as imagens filmadas em cada parte da história. Ao final da atividade, discuta com elas o que aconteceu. A câmera não fica parada, vai mudando o foco para diferentes imagens e situações do texto. Estabeleça uma relação dessas mudanças de imagens com o parágrafo na escrita, utilizado para marcar passagens de cenas da história.

Atividades de sistematização

Depois da proposta inicial, é possível planejar algumas atividades de sistematização, com base em textos de interesse da classe.

• Ofereça um texto que está parte com parágrafos e parte sem.

• Discuta sobre a diferença entre elas. Peça para copiarem o trecho sem parágrafos, organizando-o.

• Numere os parágrafos. Depois discuta com a classe se seria possível montar o texto de outra forma, seguindo outra sequência de parágrafos.

Momento lúdico

Você pode, também, planejar uma atividade de caráter mais lúdico. Transformar um texto em quebra-cabeça, por exemplo, ajuda a perceber a sequência da história e a levar em conta marcas como letras maiúsculas e espaços da margem.

• Forme grupos e dê tiras com trechos de uma história para que as crianças montem o texto organizado. Ao final, devem copiá-lo no caderno.

• Depois que os textos estiverem prontos, converse sobre as pistas que foram consideradas para realização da tarefa.


Aulas para o 4º e 5º anos: Agora as crianças já são capazes de produzir textos com parágrafos simples – e até mesmo alguns mais complexos.

Regra formal

As crianças chegam ao 4º ano do Ensino Fundamental produzindo textos com parágrafos simples, com duas ou três frases. Algumas vezes são capazes até de organizar parágrafos mais complexos, com um número maior de informações.

Por isso, daqui para frente atenção deve ser dada no sentido de adequar o parágrafo à regra formal. As atividades sugeridas para o 3º ano devem ser repetidas para que as crianças possam refletir sobre a noção de parágrafo a cada novo texto.

Quebra-cabeças

Como atividade de aquecimento, é interessante repetir a atividade do texto recortado. Divida um texto por seus parágrafo e entregue as tiras de papel para que as crianças, organizadas em grupos, montem novamente a história original.

Antes de fazer uma correção coletiva, proponha a troca dos textos entre os grupos. Peça para que copiem os dois ou três primeiros parágrafos do texto no caderno e digam o que pensaram ao ordená-los. Este exercício é muito importante para fazer com que as crianças pensem em suas ações.

Não se preocupe se as respostas estão certas ou erradas. O mais importante é incentivar os alunos a pensarem sobre os motivos que os levaram a organizar o texto de determinada forma, bem como socializar as diferentes soluções.

Produção de efeitos

Nesta fase, deve-se destacar o fato de que não existe apenas uma maneira correta de organizar um texto. Mostre que diferentes alternativas produzem efeitos diversos, sendo, portanto, um meio do autor transmitir sensações ao leitor.

Naturalmente o trabalho não se encerra no 5º ano. Aprender a organizar ideias, pontuar e paragrafar um texto é tarefa para muitos anos ainda e praticamente nunca termina. À medida que a criança vai se tornando um leitor mais autônomo, novas descobertas vão sendo feitas e incorporadas ao conhecimento anterior.




Anterior Início Próxima