Busca  
  Cultura Brasileira   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

A mensagem indígena online

Os índios brasileiros passaram a recorrer à web para difundir seus objetivos e causas.

Capa da revista Mensageiro, concebida por índios.

Projetos, revistas e movimentos

Algumas comunidades indígenas já descobriram que a internet é um excelente meio para divulgar ideias e defender causas e, sem abandonar o arco-e-flecha e o cocar, tornaram-se experts em mídia eletrônica.

Um bom exemplo é o site da publicação Mensageiro – uma revista de formação, informação e intercâmbio a serviço dos povos indígenas, como ela própria se autodenomina. Criada em 1979 por iniciativa de cinco tuxauas – isto é, caciques –, ela aborda aspectos da vida, da cultura, da história e das lutas dos povos indígenas do Brasil e traz links para edições anteriores e outros endereços eletrônicos.

Tsô Rebtõnã Ro Hã – Salve o cerrado!

Quanto aos xavantes warãs, os índios desencadearam uma campanha nacional em defesa do cerrado pela internet. Em nome da aldeia Idzô´uhu, eles lançaram pela web o movimento Tsô Rebtõnã Ro Hã para reivindicar uma verdadeira política de preservação desse ecossistema, que vem sendo ameaçado pela monocultura de soja, arroz e algodão.

Projeto Pinkati

O Projeto Pinkati é uma organização criada pela Conservation International do Brasil em colaboração com uma tribo de índios caipós da região sudeste da Amazônia. Seu propósito é viabilizar o desenvolvimento científico, por meio de uma estação de pesquisas de campo, preservando a diversidade biológica e cultural do local.



Anterior Início