Busca  
  Cultura Brasileira   
Ciências Humanas e suas Tecnologias.  

Origem nordestina


A tradição do boi-bumbá chegou ao Amazonas no início deste século, durante o ciclo da borracha, juntamente com os imigrantes nordestinos. Nessa época, os membros das duas famílias mais importantes da região deram início à festiva disputa. O repentista de uma das famílias provocava:
 
– Se cuide, que eu vou caprichar no meu boi!
Ao que o contrário respondia:
– Pois capriche no seu, que o meu eu garanto!
 
Mais de noventa anos depois, a rixa segue em frente, embalada pelo som das toadas. A cada ano, cada boi apresenta cerca de dezesseis novas toadas. O público acompanha as letras, em uníssono. A bateria do Caprichoso é conhecida como Marujada. Batucada são os músicos do Garantido. Mesclando tambores indígenas com o que há de mais moderno em matéria de instrumentos musicais, o duelo do Boi de Parintins é um espetáculo que cresce a cada ano.


Anterior Início