Busca  
  Física   
Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.  

Qualidades do Som

As qualidades do som que afetam mais diretamente nossos ouvidos como agente receptor são a intensidade, a altura ou tom e o timbre. Vamos conhecer um pouco mais de cada uma delas.
 
 
Intensidade

A intensidade sonora (sonoridade) é ligada à frequência e amplitude da onda sonora, ou seja, a distância entre o ponto máximo da perturbação e o médio. O ouvido distingue sons fortes de fracos, mas não todos. Há uma escala de intensidade com sons de referência medida na unidade decibel (db), em homenagem a Graham Bell, inventor do telefone.
 
 
 
Tom

É o que permite distinguir grave de agudo, graças à frequência, ou seja, o número de oscilações da onda num determinado tempo. O som baixo é o som grave, pois sua frequência é baixa  - não confundir com o som de volume baixo, que é um som fraco. O som alto é o som agudo, de frequência alta - não confundir com o som de volume alto, que é um som forte. O ouvido humano é capaz de perceber frequências entre 20 Hz e 20.000 Hz.
 
1Hz (hertz) = oscilação por segundo
Abaixo de 20 Hz = infrassons
Acima de 20.000 Hz = ultrassons


Timbre
 
O timbre está ligado à forma da onda sonora e permite distinguir dois sons do mesmo tom e intensidade. Sabe-se, por ele, se uma nota musical vem do piano ou da flauta e identifica-se a voz das pessoas. A maioria dos corpos vibra em diversas frequências, e a combinação delas origina uma onda complexa.
 


Anterior Início Próxima