Busca  
  Geografia   
Ciências Humanas e suas Tecnologias  


Glossário ecológico

Chuva ácida, camada de ozônio, ecossistema, mananciais. Apresentamos, a seguir, o significado de algumas palavras e expressões normalmente utilizadas quando o assunto é meio ambiente.
 
Adaptabilidade

 

Capacidade das espécies de se ajustarem às alterações das condições ambientais, desenvolvendo mecanismos que lhes permitam sobreviver e deixar descendência. Todas as espécies são adaptáveis, porém em graus diferentes, de acordo com a constituição genética.
Agricultura ecológica Práticas agrícolas que não utilizam insumos químicos e mecanização. São baseadas em conceitos de conservação de energia e matéria. Algumas técnicas reproduzem os processos ecológicos naturais, aproveitando, inclusive, organismos vivos do ambiente, como decompositores parasitas e predadores existentes na região.
Agrotóxicos Também chamados agroquímicos ou defensivos agrícolas, são um conjunto de substâncias sintetizadas industrialmente e utilizadas na agricultura. A finalidade dos agrotóxicos é eliminar indivíduos que se alimentam das plantas cultivadas e que diminuem a produção agrícola ou florestal, como insetos, ácaros, fungos ou plantas definidas como 'invasoras'. Exemplo de agrotóxicos são
os pesticidas. A utilização indiscriminada e em larga escala e aqui se incluem até mesmo os adubos industrializados faz com que o alimento ingerido contenha doses de produtos químicos nocivas à saúde.
Alimentos transgênicos Alimentos geneticamente modificados ou derivados destes. São produtos criados em laboratório com a utilização de genes de espécies diferentes de animais, vegetais ou micróbios.
Ambientalista Pessoa preocupada com problemas ambientais e com a qualidade do meio ambiente ou engajada em movimentos de defesa ambiental. O termo também é usado para designar o especialista em ecologia humana.
Ambiente Conjunto das condições existentes ao redor dos seres vivos, entre elas o clima, o solo, a água e outros organismos.
Assentamento humano Qualquer forma de ocupação humana organizada do solo
(urbana ou rural).
Atmosfera Camada de gases que circunda a Terra.
Biodegradável Substância ou produto capaz de ser decomposto por processos biológicos naturais (microorganismos decompositores).
Biodiversidade É a variedade ou variabilidade dos organismos vivos, dos sistemas ecológicos nos quais se encontram e das maneiras pelas quais os organismos e os sistemas interagem entre si e a ecosfera.
Biosfera É a área do planeta onde a sobrevivência dos organismos vivos é possível, devido à existência de várias condições que permitem a sustentação da vida. A biosfera compreende a superfície terrestre, uma parte da atmosfera, o meio aquático e o subsolo.
Cadeia alimentar É a seqüência de transferência de energia, de organismo para organismo, em forma de alimentação. Como a maioria das espécies consome mais de um tipo de animal ou planta num mesmo ecossistema, as cadeias alimentares se entrelaçam, formando redes alimentares.
Chuva ácida É a chuva contaminada pelas emissões de óxidos de enxofre
na atmosfera, decorrentes da combustão em indústrias e dos
meios de transporte.
Coliforme fecal Bactéria encontrada no trato intestinal de seres humanos e outros animais. É comumente usada como indicadora de poluição por matéria orgânica de origem animal. Cada pessoa descarrega de 100 a 400 bilhões de coliformes por dia, além de outras bactérias. São bactérias que não causam mal ao homem e servem para destruição de matéria orgânica nos processos biológicos de tratamento. A presença de coliformes, no entanto, serve para indicar a presença de outros organismos patogênicos, normalmente mais difíceis de isolar e detectar.
Combustível fóssil

É o combustível derivado dos remanescentes da plantas e animais antigos. Entre os combustíveis fósseis estão os derivados de petróleo gasolina e óleo diesel , o gás natural e o carvão mineral. Quando queimado, esse tipo de combustível libera energia e também provoca a emissão de gases poluentes.

Controle biológico
natural
Medida de controle de pragas ou doenças que afetam as plantas, utilizando predadores e parasitas que sejam seus inimigos naturais. Mais econômica que os agrotóxicos, essa prática
não contamina o ambiente e atua especificamente sobre determinada cultura.
Decompor Separar os elementos de uma matéria, devolvendo os nutrientes
ao ambiente.
Depredação ambiental Alteração que prejudica ou destrói parcialmente um ecossistema.
Desenvolvimento sustentado Modelo de desenvolvimento que considera, além dos fatores econômicos, os aspectos sociais e ecológicos de uma dada região. Na implantação de um modelo de desenvolvimento sustentável, são avaliadas as condições ambientais, os recursos disponíveis e as conseqüências negativas e positivas que a interferência humana terá no local a curto, médio e longo prazos.
Desertificação Processo no qual se verifica um profundo quadro de déficit de água ou ausência de vegetação em determinada área. É causado por alterações climáticas ou atividades humanas, em especial a devastação florestal. Alguns estudos demonstram que sempre que ocorre desmatamento na Amazônia, as áreas próximas sofrem efeitos de seca, causando a morte de árvores e aves.
Ecologia Ciência que estuda as relações entre os organismos vivos e seu ambiente. Com o tempo, a palavra ecologia deixou o campo restrito da Biologia, passando a denominar um amplo movimento social e político baseado na questão da proteção ambiental.
Ecossistema Conjunto integrado de fatores vivos e não-vivos que caracterizam determinado local.
Educação ambiental Processo educativo que visa à formação dos indivíduos,
objetivando a qualidade de vida com o uso racional e planejado
do meio ambiente.
Efeito estufa Processo de aquecimento do planeta causado pela poluição e pela presença excessiva de gás carbônico (CO2) na atmosfera. Em altas concentrações, o gás carbônico tem a capacidade de impedir que o calor da superfície terrestre seja dissipado para a atmosfera, contribuindo para a elevação da temperatura do planeta.
Efluente Despejo de resíduo industrial ou doméstico no ambiente.
Erosão Processo de desgaste da superfície do planeta provocado pela água corrente, chuvas, neve, vento e seres vivos.
Esgoto Refugo ou água de origem doméstica ou industrial escoados por pias, canos, banheiros e vias.
Hábitat Local que reúne todas as condições necessárias e favoráveis ao desenvolvimento, sobrevivência e reprodução de uma espécie.
Impacto ambiental Alteração drástica do ambiente provocada por ação natural
ou humana.
Inverno nuclear No caso de uma guerra nuclear, os cientistas imaginam que uma nuvem de resíduos impediria a passagem da luz e do calor para a superfície terrestre. Uma catástrofe desse tipo mataria de 100 milhões a 1 bilhão de pessoas imediatamente e seus efeitos maléficos permaneceriam no solo e na atmosfera durante séculos.
Inversão térmica Condição climática provocada pela sobreposição de uma camada de ar quente a uma de ar frio, que impede a movimentação do ar e retém os resíduos de poluição. Esse processo ocorre no inverno.
Lixo Resíduos sólidos formados por matérias orgânicas biodegradáveis originadas de restos de alimentos ou plantas e materiais sintéticos ou industriais.
Lixo orgânico Lixo de origem animal ou vegetal.
Lixo tóxico Lixo envenenado ou prejudicial à saúde.
Manancial Corpo d'água superficial ou subterrâneo utilizado para abastecimento humano, animal, industrial ou para irrigação do solo.
Manguezal Ecossistema litorâneo que ocorre em terrenos baixos e sujeitos à ação da maré. Localiza-se em áreas relativamente abrigadas como baías, estuários e lagunas e é, em geral, constituído de áreas lodosas com um tipo particular de flora e fauna.
Mata Atlântica Tipo de mata que atingia cerca de 1 milhão de km2, estendendo-se ao longo das encostas e serras da costa atlântica, desde o Rio Grande do Norte até o Rio Grande do Sul, e que hoje está reduzida a 4% de cobertura primária. A Mata Atlântica é considerada Patrimônio Nacional pela Constituição de 1988, e a utilização de seus recursos naturais está condicionada à preservação e proteção do meio ambiente.
Meio ambiente Conjunto de sistemas integrados que formam o planeta. As definições mais recentes consideram o meio ambiente um sistema em que interagem fatores de ordem física, biológica e socioeconômica. Em 1978, o Banco Mundial definiu meio ambiente como 'a soma das condições externas e influências que afetam a vida, o desenvolvimento e, em última análise, a sobrevivência
de um organismo'.
Microorganismo Ser vivo invisível a olho nu.
Nicho ecológico Papel específico exercido por uma população em um ecossistema.
Nutrientes Materiais necessários ao crescimento e à vida, entre eles água, minerais, gorduras e carboidratos.
Ozônio Gás com odor característico e incolor. Forma uma das camadas mais elevadas da atmosfera e filtra os raios ultravioleta. O ozônio também existe ao nível do solo, mas de forma não-natural, decorrente da reação de gases formados na combustão. O ozônio pode afetar a saúde de homens, plantas e animais. É um dos principais agentes contaminadores das grandes cidades.
Parque Unidade de conservação onde estão localizados um ou mais ecossistemas inalterados ou parcialmente alterados pela ação humana, cuja finalidade é resguardar hábitats de interesse científico, educacional, cultural e recreativo.
Poluição Sujeira que prejudica a saúde. Pode ser atmosférica, quando resíduos poluentes são lançados no ar; aquática, quando despejos são lançados na água; do solo, quando há presença de metais pesados, lixo radioativo na terra ou subsolo; sonora, pela existência de ruídos em níveis elevados para a espécie humana.
População Conjunto de organismos que habitam determinada área
mantendo inter-relações.
Preservação Proteção e uso racional de recursos do meio ambiente.
Qualidade
de vida
Condição de bem-estar físico, psicológico, social e espiritual de uma população ou indivíduo, em função das pressões exercidas pelo meio ambiente.
Qualidade ambiental Condições oferecidas por um ambiente e necessárias a
seus componentes.
Radiação Emissão ou desprendimento de raios ou partículas de
determinada substância.
Reciclagem Processo que ocorre na matéria orgânica ou inorgânica. Também indica o reaproveitamento de materiais industrializados como plástico, vidro e papel.
Recurso natural Material retirado da natureza e utilizado pelo ser humano.
Pode ser renovável, quando a recomposição natural ocorre facilmente e num curto período (árvores, água), e não-renovável, quando a recomposição não ocorre ou demora muito tempo (petróleo, minerais).
Reserva
biológica
Área delimitada para preservação ambiental, onde o ecossistema se encontra praticamente inalterado pela ação humana.
Saneamento Conjunto de procedimentos de controle de eliminação de resíduos com o objetivo de proporcionar um ambiente saudável à população.
Sociedade Conjunto formado por indivíduos de uma mesma espécie que habitam determinada área ao mesmo tempo, com atribuições específicas e divisão de tarefas.
Toxicidade Potencial venenoso de uma substância.
Urbanização Transformação de áreas de campo em cidades. Também pode ser o aumento da porcentagem da população urbana e a diminuição da porcentagem da população rural de uma região.