Busca  
  Geografia   
Ciências Humanas e suas Tecnologias  

Paisagens naturais
Apesar das pequenas dimensões, a América Central apresenta uma variedade de paisagens naturais. As grandes cadeias montanhosas atravessam o istmo de norte a sul, pontilhadas de vulcões em grande atividade. Em Belize, as depressões calcárias de Petén são resultado do desgaste desse tipo de rocha em clima quente e úmido. Na Nicarágua, destaca-se a planície sedimentar costeira da Costa dos Mosquitos. As florestas tropicais úmidas abrigam uma grande diversidade de espécies animais e vegetais, muitos deles raros exemplares da fauna e flora.

As ilhas apresentam paisagens com grandes atrativos
turísticos: límpidas águas azuis, praias, montanhas,
quedas d’água e floresta tropical.

Os vulcões são uma
ameaça constante na
América Central
As belas praias são o maior incentivo ao turismo na região central do continente americano
Relevo e hidrografia
As cordilheiras do istmo são montanhas novas. Por esse motivo estão sujeitas a abalos sísmicos como o que destruiu a cidade de Manágua, em 1973. Além disso, uma faixa vulcânica em grande atividade percorre o litoral do Pacífico desde a Guatemala até a Costa Rica. Essas montanhas são a continuação da Serra Madre Mexicana (ao norte) e a cordilheira Central. O ponto mais alto da América Central é o vulcão Tajamulco (4.220 m) na Guatemala.

Diversidades ambientais

As planícies sedimentares costeiras existem na costa do Pacífico mas são mais largas na costa do Atlântico.
Devido ao relevo montanhoso, a hidrografia da América Central não apresenta grandes rios. O rio San Juan e os lagos de Manágua e Nicarágua ocupam um extenso vale de falha que atravessa o istmo.
As Antilhas são formadas pelo cume de uma cadeia submarina formando um arco insular que é o prolongamento do relevo continental.
As Bahamas foram formadas pela acumulação marinha (recifes de coral).








Clima e
Vegetação

A América Central, por sua posição geográfica (entre o Trópico de Câncer e o Equador) tem climas tropicais e sua vegetação típica é a floresta tropical, muito devastada. Uma das características climáticas do Caribe é a freqüência dos furacões, com ventos de até 300 km/h.
O relevo determina uma diferenciação na distribuição das temperaturas no istmo:

Terras 'calientes' (quentes): até 1.000 m de altitude, de relevo baixo, com solos pobres, altas temperaturas, umidade elevada e florestas pluviais.
Terras temperadas: de 1.000 m a 3.000 m, com temperaturas mais baixas, menor pluviosidade e florestas de coníferas.
Terras frias: acima de 3.000 m, com temperaturas mais baixas e menor umidade.

A produção para exportação, como a de cana-de-açúcar na Guatemala, alterou profundamente a paisagem natural na América Central
A alteração da paisagem
A agricultura provocou o desmatamento de grandes áreas da floresta pluvial no istmo. As ilhas tiveram seu aspecto alterado por conta das construções especializadas em turismo (hotéis, clubes e resorts).

Anterior Início