Busca  
  Geografia   
Ciências Humanas e suas Tecnologias  

 

Oposições, conjunções e alinhamentos
Enquanto seguem suas órbitas regulares, os planetas ficam em interessantes posições para um observador da Terra. Dependendo de onde se encontram, podem estar em oposição, conjunção ou alinhados.


Conjunções e elongações
Quando vemos um planeta alinhado com o Sol, dizemos que está em conjunção. Mercúrio e Vênus, por terem suas órbitas internas à órbita da Terra, são os únicos planetas que podem apresentar dois tipos de conjunções: as superiores – quando o planeta está além do Sol – e as inferiores – quando está entre a Terra e o Sol. Quando esses dois planetas – também chamados inferiores – estão em sua máxima distância aparente do Sol, diz-se que estão em elongação máxima. Para compreender melhor esses dois conceitos, veja na imagem abaixo:


Oposição
Somente os planetas exteriores – aqueles cujas órbitas estão além da órbita da Terra – podem ficar em oposição ao Sol. Quando isso acontece com um deles, o planeta fica visível por toda a noite na Terra, com brilho máximo. Se o ângulo entre a Terra, o Sol e o planeta exterior for de 90°, diz-se que está em quadratura. Não entendeu? Veja na imagem:



Alinhamentos
Enquanto os planetas seguem tranqüilamente suas órbitas, às vezes acontece de encontrarmos dois ou mais no mesmo percurso. Quanto mais planetas alinhados, mais raro é o fenômeno – porque é menos provável que mais planetas estejam na mesma direção. Na verdade, os planetas não estão perfeitamente alinhados, pois se isso acontecesse só poderíamos ver aquele que estivesse mais perto da Terra. Os demais seriam escondidos.

Crédito das imagens: www.zenite.nu

  TOPO
.................................................................