Busca  
  Geografia   
Ciências Humanas e suas Tecnologias  

 O canguru

Esse é o bicho mais comum na Austrália. Lá podem ser encontradas mais de 50 espécies de cangurus. Entre eles, o mais famoso e um dos maiores é o canguru-vermelho. Em pé, ele fica mais alto que um homem adulto, podendo atingir até 1,60 metro de altura. Sua cauda chega a 1,20 metro de extensão e seu peso pode passar de 70 quilos. Há outros cangurus bem menores e até espécies que vivem em árvores. O menor deles é um rato-canguru que mede 23,5 centímetros, no máximo. E o mais interessante: um canguru pode atingir a velocidade de até 100 km/h. Detalhe: pulando.

Foto: Monica Schöner
Canguru investiga o marsúpio.

A gestação de um canguru dura entre 30 e 40 dias. O filhote nasce cego, sem pêlos e, no caso do canguru- vermelho, pesando cerca de 1 grama. Ainda preso pelo cordão umbilical, ele rasteja pelo ventre da mãe até chegar à bolsa marsupial, onde fica por cerca de seis meses apenas mamando. Depois desse período, ele
sai de sua "casa" e, então, começa a alternar períodos dentro do marsúpio e outros fora, ficando progressivamente menos caseiro e começando a
comer plantinhas também. A bolsa só é abandonada definitivamente quando o filhote tem cerca de 8 meses
e pesa entre 3 e 4 quilos. A amamentação, no entanto, continua até que ele complete 1 ano. Às vezes, o
filhote ainda está mamando e já tem um irmãozinho morando no marsúpio.

Foto: Monica Schöner
Amamentação de canguru-vermelho.

Os cangurus são bichos muito mansos. Eles são herbívoros, não atacam o homem e, normalmente, fogem quando perseguidos. Nos desenhos animados, não é raro que apareçam dando socos. Essa imagem não é de todo falsa. Quando dois machos lutam por causa de uma fêmea (ou por outro motivo), costumam ficar de pé, apoiados sobre as patas traseiras, se empurrando. Na hora de golpear, em vez de usarem os "braços", eles se apóiam na cauda ou no "ombro" do adversário e utilizam as patas traseiras, que têm muito mais força.

Placas avisam os motoristas
sobre a possibilidade de cangurus cruzarem a estrada.

 

 


Anterior Início Próxima