Busca  
  Geografia   
Ciências Humanas e suas Tecnologias  


Tempo de lamentação
No início do período bizantino, no século IV, Jerusalém foi novamente revestida de seu caráter sacro e os judeus podiam entrar na cidade uma vez por ano, no aniversário da destruição do segundo templo, no dia 9 do mês judaico de Av. Nesse dia, os judeus costumavam lamentar a dispersão de seu povo junto às ruínas do templo e ao muro. Vem daí o nome de Muro das Lamentações. Esse costume perdura até os nossos dias. As celebrações acontecem entre os dias 17 do mês de Tammuz e o dia 9 de Av (em 2000, dia 10 de agosto) porque essas são tradicionalmente as três semanas de infortúnio e calamidade para o povo judeu. Além da destruição de ambos os templos, também podem ser citados como exemplos de fatos trágicos ocorridos nesse período a expulsão dos judeus da Espanha (1492) e o início da deportação dos judeus do gueto de Varsóvia, na Polônia, em 1939. Em 2000, o período de lamentação foi do dia 20 de julho até o dia 10 de agosto.

 

Anterior Início Próxima